« Página inicial | Quando teremos paz? » | Do lado de cá de Comoro » | Apelo à paz em Timor-Leste » | O que há aqui é uma grande falta de educação » | Chuva da manga » | Díli, destino-aventura » | Mas, as crianças, Senhor... » | Que vai ser de Timor-Leste? » | Decepções » | Discurso de Xanana Gusmão ao Povo Amado e Sofredor... » 

sábado, julho 01, 2006 

Educação para a cidadania

Como o meu texto do outro dia (O que há aqui é uma grande falta de educação) suscitou alguma polémica, fui procurar o jornal de que falava e que serve perfeitamente para ilustrar aquilo a que eu me referia. Assim, transcrevo aqui do jornal diário timorense de grande tiragem “Suara Timor Lorosa’e”, de quarta-feira, 21 de Junho de 2006 (edição nº 111, Ano XIV), declarações de dois líderes timorenses, um pró-Mari Alkatiri e outro anti-Mari Alkatiri.

Pró-Mari:
(da pág. 1) «Norberto: Revelde, Opozisaun Merese Oho
Dili – Membru Comite Central Fretilin (CCF) plus Parlamentu Nasional (PN) Norberto Esperitu Santo hatete, se Mari Alkatiri ho Rogerio fahe kilat, merese duni fo hodi oho revel[d]e no opozisaun nebee halo ona traisaun ba povu Timor Leste. Maibe Alkatiri ho Rogerio la fahe kilat.
“Se Rogerio mak fahe kilat, merese fo duni hodi oho revel[d]e, no opozisaun, tamba sira mak hamotuk hodi halo traizsaun ba povu. Nee hau nia pozisaun hanesan membru CCF,” Norberto hatete liafuan hirak nee ba STL, Tersa (20/6) iha edifisiu PN, Dili.
»

Tradução: «Norberto: Rebeldes e Oposição merecem ser assassinados
Díli – O Membro do Comité Central da Fretilin (CCF) e do Parlamento Nacional (PN) Norberto Espírito Santo declarou que se Mari Alkatiri e Rogério tivessem distribuído armas isso estaria correcto por ser para assassinar rebeldes e pessoas da oposição que atraiçoaram o povo de Timor-Leste. Mas Alkatiri e Rogério não distribuiram armas.
“Se Rogério é que distribuiu armas, é correcto entregar armas para assassinar rebeldes, e oposição, porque eles é que estão juntos para atraiçoar o povo. Esta é a minha posição como membro do CCF,” Norberto disse estas palavras ao STL, na terça-feira (20/6) no edifício do PN, em Díli.»


Anti-Mari:
(da pág. 7) «(...) Dudu hateten, “Sunu iha Dili laran nee hodi hatudu katak ita timor oan la gosta governu nebee mak Marii Alkatiri ukun. Ho ida nee sira nebee sunu nee la sala maibe Marii Mak sala.”
Ho ida nee nia primeiru Minsitru Marii Alkatiri tenki tuun husi ninia kargu atu nunee ema hodi para sunu. Maibe hanesan buat nebee naok ema nia sasan nee hanesan hahalok aat boot ida.
(...)
Hanesan baku rahun no sunu uma para hodi halo protesta ba governu nebee lao la loos nee hanesan buat ida nebee normal.
»

Tradução: «(...) Dudu disse, “Isto de queimar casas em Díli é para mostrar que nós, os timorenses, não gostamos do Governo que é dirigido por Mari Alkatiri. Por isso os que queimam não estão errados, mas Mari é que está errado.”
Portanto ele, o Primeiro Ministro Mari Alkatiri, tem que demitir-se do seu cargo para que assim as pessoas parem de queimar casas. Mas isto de roubar as coisas das pessoas já é uma acção muito má.
(...)
Bater até partir tudo e queimar casas para fazer protestos contra o Governo que funciona mal, isso é uma coisa normal.»