« Página inicial | Pontiana, ou a mulher-pássaro » | Os novos dias de Díli » | A rua como sala de visitas » | Amor em tempo de cólera » | A GNR voltou às ruas de Díli, mas só no bairro de ... » | As mágoas de Anito Matos » | Ritos timorenses » | Alkatiri mandou matar opositores, acusam ex-guerri... » | Equipamento da GNR já chegou a Timor... » | Violência e Ignorância » 

sábado, junho 17, 2006 

Mundial

É de louvar o esforço da RTTL através da qual os aficionados de futebol - que não têm acesso à televisão por cabo - podem seguir os jogos do Mundial. Dizia o Nélio Isac que esperava com isso contribuir para alguma distracção da população nestes dias difíceis que vivemos.
Com os saques a vários bairros da cidade, nem todos têm televisão. Também não é possível fazer a festa como aconteceu aquando do Euro 2004. Mas, estou certa de que, à boa maneira timorense, quem não pode junta-se a quem pode e segue atentamente os jogos.
Portugal, Angola e Brasil captam as maiores simpatias dos timorenses, adeptos de Ronaldo,Deco, Figo, Pauleta... entre outros.
Cá por mim, hoje fiz uma pausa nas minhas angústias relativamente à situação actual do meu país timorense e substituí-as pela angústia do futebol em que joga o meu país português. Sofro, treino da bancada - que é quem como diz, do sofá da minha sala - grito, levanto-me, enervo-me, viro a cara... enfim, essas coisas algo sem nexo que fazem os doentes da bola!
E vou fazer uma pausa aqui, porque quero continuar a ver o jogo.
Até amanhã!